Willian Tardelli - Fotojornalismo em Araxá e região

Você está aqui

Esposa mata homem a golpes de machado em fazenda na zona rural de Araxá/MG.

Publicado em 31-05-2018 00:00

     A Polícia Militar (PM) de Araxá na manhã desta quinta-feira, 31 de maio deste ano de 2018, recebeu uma ligação via 190 de um senhor, onde o mesmo se identificou como advogado a senhora Sirlene Rodrigues Raposa, de 52 anos. O mesmo relatou ao Policial militar que o atendeu que, sua cliente Sirlene teria matado a golpes de machado seu esposo identificado como sendo Ângelo Jose Vieira, de 60 anos.

     De imediato a Policia Militar se deslocou e compareceu no bairro Salomão Drumond, onde no local a senhora Sirlene Rodrigues se apresentou aos militares e relatou que viveu uma união estável com a vitima por aproximadamente 07 anos, e que na quarta-feira, 30 de maio, na residência em que viviam localizada na zona rural de Araxá, próximo ao bairro Boa Vista, teria matado seu esposo a golpes de machado.

     A mulher ainda relatou aos Policiais Militares que era constantemente agredida pela vitima, com todo tipo de agressão verbal, chutes, socos, enforcamento e ameaças de morte, e que na quarta-feira, cansada de destas agressões e com medo de ser morta por ele, enquanto a vitima dormia no sofá, apoderou-se de um machado e desferiu vários golpes na cabeça da vitima. Logo após certificar que ele já estava morto, saiu da residência e seguiu a pé para a cidade.

     A mulher disse aos militares que faz uso de medicamento controlado, que teria se arrependido do crime e que em seguida teria contato para a família sobre o crime. Disse que teria jogado o machado no mato, porém, não sabia dizer precisamente o local.

     Diante dos fatos, a mulher foi presa e encaminhada a delegacia de policia civil de Araxá, onde foi apresentada ao Delegado de plantão, Dr. André Luiz. Segundo o Delegado, ela manteve a versão apresentada aos policiais militares e após ouvi-la, ele se deslocou na companhia de investigadores e um perito criminal até o local, e localizou o machado que estava jogado em meio mato.

     O Delegado ratificou a prisão da mulher e em seguida a encaminhou ao presidio de Araxá, onde ela ira permanecer a disposição da justiça. A Policia Civil de Araxá, através do Delegado Dr. Vinicius Ramalho, responsável pela delegacia de crimes contra a vida, irá apurar com mais detalhes este crime.

Acompanhe no Facebook

Publicidade