Willian Tardelli - Fotojornalismo em Araxá e região

Você está aqui

Homem é executado com vários tiros no bairro Dona Maroca em Ibiá/MG.

Publicado em 14-12-2017 00:00

     A Policia Militar de Ibiá/MG, na noite de quarta-feira, 13 de dezembro, por volta de 21h30, registrou o homicídio consumado da vitima identificada como sendo FABIO DE JESUS SANTOS, de 34 anos, na rua 222 do bairro Dona Maroca.

     Testemunhas relataram aos militares, que a vitima estava em sua residência localizada no referido endereço, quando três indivíduos chegaram ao local e entraram para o interior da residência. Após isso testemunhas ouviram vários disparos de arma de fogo no local, e em seguida os três saíram correndo e entraram em um matagal próximo a residência, não sendo mais vistos.

     As testemunhas visualizaram que um dos indivíduos estava armado com uma arma longa, tipo espingarda calibre 12. No local os militares depararam com o corpo da vitima caído na porta de entrada da residência, com varias perfurações pelo corpo e já sem os sinais vitais. O local foi isolado e acionado a pericia criminal e IML de Araxá.

     O perito criminal identificou vários sinais de tiros no interior da residência, varias capsulas deflagradas de pistola e cartuchos de espingarda calibre 12 foram recolhidas no local. Após os trabalhos de pericia, o corpo foi removido e encaminhado ao IML de Araxá, que na manhã de quinta-feira, 14, passou pela realização de necropsia sendo identificadas perfurações na região da cabeça, pescoço, ombro, braços, coxa e lombar. Após os trabalhos o corpo foi liberado aos familiares para o velório e sepultamento.

     A vítima tinha saído a um mês do presídio e tinha passagens policiais pelos crimes de furto e tráfico de drogas. Policiais Militares de Ibiá realizaram rastreamentos durante toda a madrugada na tentativa de localizar os autores,  porem até as 14h00 da tarde de quinta-feira, 14, os mesmos não tinham sido localizados. A Polícia Civil de Ibiá sob o comando do Delegado Dr. André Luís Campos e sua equipe de investigadores irão investigar o caso.

Acompanhe no Facebook

Publicidade