Willian Tardelli - Fotojornalismo em Araxá e região

Você está aqui

Investigador é baleado ao evitar assalto a lanchonete na cidade de Conquista/MG, não corre risco de morte e autores são procurados.

Publicado em 10-11-2017 00:00

      A Policia Militar e Policia Civil da cidade de Conquista/MG, a aproximadamente  75 km de Uberaba e de 100 km de Araxá, por volta de 22h40  da noite desta quinta-feira, 09 de novembro, compareceu na avenida Antônio Carlos, no Centro, onde no local testemunhas relataram que o investigador F.P teria sido baleado por um individuo durante um assalto.

      Segundo testemunhas, os autores que cometeram o crime era um baixo, magro, trajando roupas claras e o outro magro, alto e trajava roupa de moletom escuro. Ainda segundo testemunhas, estes dois indivíduos passaram varias vezes pelo local, e que em dado momento um dos autores sacou de uma arma, aparente uma pistola 635 e anunciou o assalto e foi em direção aos fregueses que estavam nas mesas, exigindo e levando aparelhos celulares, carteiras e dinheiro.

      Neste momento foi quando o policial civil F.P identificou-se como policial, quando um dos autores que estava portando a arma, apontou em sua direção e efetuou 02 disparos, atingindo o policial que de imediato revidou a injusta agressão com 02 disparos. Após os disparos, os autores evadiram correndo para aos fundos de uma fazenda que fica próximo ao local, não sendo mais vistos pelas testemunhas.

      O investigador foi socorrido ao hospital de Conquista, sendo constatadas duas perfurações na região da clavícula direita, sendo que um dos projéteis permaneceu alojado. O investigador foi transferido para um hospital na cidade de Uberaba, consciente, orientado e não corria risco de morte. Testemunhas também relataram que estes autores chegaram à cidade de Conquista, em uma moto de cor prata, sem maiores dados, e no local eles abandonaram um boné escuro e um par de chinelos. Equipes da Policia Civil e Policia Militar de Conquista, Sacramento, Araxá e Uberaba realizaram rastreamentos na tentativa de identificar e localizar os autores. O Delegado regional de Araxá, Dr Vitor Hugo e o Delegado de Conquista Dr. Rafael, juntamente com ao Sargento Edna estão no comando dos rastreamentos. 

Acompanhe no Facebook

Publicidade