Willian Tardelli - Fotojornalismo em Araxá e região

Você está aqui

Homem de 24 anos é morto com disparo de arma de fogo, por namorado de mulher em Araxá.

Publicado em 14-08-2017 00:00

A Polícia Militar de Araxá solicitada via 190, por volta de 00h10 da madrugada desta segunda-feira, 14 de agosto do ano de 2017, foi informada que em uma residência localizada na rua João Batista Fernandes, no Centro, um casal estaria em discussão. A testemunha também relatou que no momento da briga, ouviu-se barulhos semelhantes a disparos de arma de fogo.

De imediato uma guarnição Tático Móvel composta pelo Sargento PM Abdala e soldados PMs Leonardo e Robson se deslocaram para o local e lá chegando constataram marcas de sangue em uma escada, nas paredes e a porta da residência fechada. A guarnição após realizar a chamada por moradores não obteve êxito, sendo necessário o arrombamento da porta e adentramento e constatado que no local não se encontrava nenhuma pessoa.

Em seguida a guarnição foi informada pela guarnição do Corpo de Bombeiros, composta pelo Sargento BM Faria e Cabos BMs Neto e Leonardo, que na rua Paul Harris a cerca de 300 metros do local, se encontrava a vítima identificada como sendo DIEINILSSON DA CRUZ VIEIRA, de 24 anos, deitado na passeio já sem os sinais vitais e com um disparo de arma de fogo. A guarnição composta pelo Sargento PM Caroline e Cabo PM Odair, compareceram no local e o isolaram até a chegada da Perícia Técnica da Policia Civil e IML.

Em diligências os militares na residência de Solange Amaral dos Santos, localizada na rua João Batista Fernandes, (local das discussões), testemunhas relataram que por volta de 00h00 ouviram disparos de arma de fogo e quem seguida uma pessoa parecia ter caído de uma escada no local e que depois um veículo VW/Gol de cor preta, com placa de Conceição das Alagoas/MG, saiu do local tomando rumo ignorado a princípio com duas pessoas em seu interior.

Com base nestas informações, foi iniciado o cerco e bloqueio em toda a região bem como na cidade de Conceição das Alagoas e Uberaba, sendo que por volta de 02h40, a Policia Militar de Uberaba abordou o veículo VW/Gol próximo a rodoviária de Uberaba, onde o mesmo era conduzido por Cesário Leite Pinto, de 35 anos. Indagado pelos Militares, o condutor entrou em contradições varias vezes e em revista no veículo, foi localizado 02 munições calibre .32 deflagradas, e dentro de uma meia entre a caixa de som e o banco, localizado um revólver calibre .32 escondido. Em contato com o Copom de Araxá, os militares realizaram uma ligação telefônica no celular da vítima, sendo que o aparelho tocou no interior do veículo, sendo então o homem preso e encaminhado à Delegacia de Uberaba.

Ainda em diligências na cidade de Araxá em busca do paradeiro de Solange, por volta de 03h30, a mesma chegou em sua residência e relatou que estava no local com a vítima Dieinilsson, a qual mantia um relacionamento amoroso, quando seu namorado de nome Cesário chegou no local e iniciou uma discussão com a vítima. Ainda segundo Solange, os dois entraram em luta corporal e ela com medo, se escondeu na varanda da residência, quando minutos depois ela ouviu disparos de arma de fogo e em seguida um barulho parecido de pessoas correndo, não sabendo precisar aos militares quem teria saído da casa primeiro, e que pouco tempo depois, quando percebeu que não tinha ninguém já no local, saiu da varanda, vestiu roupa, trancou a casa e saiu do local, onde segundo ela ficou andando até que a "poeira abaixasse".

Diante da versão de Solange Amaral, ela foi conduzida à delegacia de Polícia Civil de Araxá pelos Policiais Militares. A guarnição Tático Móvel composta pelo Sargento PM Richard e soldados Bruno e Chagas, que estavam em operação na região de Conquista/MG, se deslocaram até a cidade de Uberaba por volta de 05h00 e conduziram preso a Araxá, o envolvido Cesário Leite Pinto, sendo ambos apresentados ao Delegado de plantão para as providências cabíveis.

A perícia técnica da Polícia Civil e o coordenador do IML Hudson Fiuza, compareceram no local e realizaram seus trabalhos de praxe. O corpo foi removido ao IML, onde foi necropsiado e em seguida liberado ao familiares para o velório e sepultamento. A vítima Dieinilsson da Cruz residia e trabalhava como construtor em Araxá.

Acompanhe no Facebook

Publicidade