Willian Tardelli - Fotojornalismo em Araxá e região

Você está aqui

Adolescente de 17 anos, com diversas passagens policiais é morto com aproximadamente 30 facadas em Ibiá/MG.

Publicado em 28-04-2017 00:00

       O Instituto médico legal, IML, e Perícia técnica da Policia Civil de Araxá, ambos integrados a 2ª Delegacia Regional de Policia Civil de Araxá, chefiada pelo Delegado Regional Dr. Vitor Hugo Heisler, solicitados por volta de 15:30, da tarde deste sexta-feira, 28 de abril, compareceram na rua 101, no bairro São João, na cidade de Ibiá/MG.

       A Policia Militar de Ibiá, já se encontrava isolando o local, onde um adolescente teria sido vítima de um homicídio, em uma mata existente no local. Testemunhas repassaram aos militares, que ouviram gritos vindo do interior da mata, e quando os militares foram verificar, constataram que um adolescente se encontrava caído em meio a um córrego, com vários ferimentos e já sem os sinais vitais.

       O Perito criminal Alexandre Correia e o coordenador do IML, Hudson Fiuza, realizaram seus trabalhos de perícia no local, constatando diversas perfurações noção no corpo do adolescente, provocadas a princípio por faca. Logo após, removeram o corpo para a cidade de Araxá, onde o mesmo foi necropsiado, sendo o mesmo identificado como sendo Matheus Antônio Moreira dos Santos, de 17 anos.

       O Delegado de Polícia Civil de Ibiá, Dr. André Luiz Campos, juntamente com uma equipe de investigadores e apoio da Polícia Militar, realizaram diligências em meio a mata e a alguns locais da cidade, na tentativa de localizar e prender os autores do crime, porém até o fechamento deste release, os mesmos ainda não haviam sido encontrados.

       Segundo o Delegado, dois homens são suspeitos da autoria do crime, e suas identidades serão mantidas em sigilo para não atrapalhar as investigações. "Algumas pessoas suspeitas da autoria do crime, chegaram a ser conduzidas à Delegacia de Polícia Civil de Ibiá, porem após serem ouvidas, foram liberadas. Estamos em rastreamentos com o apoio da Polícia Militar, no intuito de localizar e prender os autores do crime", destacou o Delegado.

       Ainda segundo o Delegado, o adolescente possuía muitas inimizades e já era ameaçado de morte por diversas pessoas, o possuía diversas passagens pela polícia, como tráfico de drogas e furtos, a alguns meses foi apreendido, sendo posto em liberdade e recentemente cumpria medida sócio educativas. Próximo ao local do crime, foi localizada uma blusa de frio de um dos autores do crime, material este que foi recolhido pela perícia criminal.

       No IML de Araxá, após os trabalhos de necropsia do coordenador do IML, Hudson Fiuza e do médico Legista, Dr. Mário Marcos Lukschal Barbosa, foram constatadas aproximadamente 30 facadas, na região de mãos, pernas, costas, pescoço e abdômen. Em seguida o corpo foi liberado aos familiares para o velório e sepultamento.

Acompanhe no Facebook

Publicidade