Willian Tardelli - Fotojornalismo em Araxá e região

Você está aqui

Policia Civil realiza operação, e investigados de crime de homicídio são presos na cidade de Campos Altos/MG.

Publicado em 06-04-2017 00:00

     A Policia Civil de Minas Gerais, na manhã desta quarta-feira, 05 de abril, desencadeou uma operação, na cidade de Campos Altos/MG, de cumprimento de mandados de prisão e busca e apreensão, expedidos pela Vara Criminal e Ministério Público de Campos Altos/MG, que culminou na prisão de 03 pessoas, envolvidas em um crime de homicídio, ocorrido na cidade.

A operação, bem como os pedidos de prisão e busca e apreensão, foram solicitados e coordenados pelo Delegado Dr. André Luís Campos, responsável pela 11ª Delegacia de Polícia de Campos/MG, a qual é integrada a 2ª Delegacia Regional de Araxá, chefiada pelo Delegado Dr. Vitor Hugo Heisler e contou com o apoio da Policia Militar de Campos Altos/MG.

     As 03 pessoas presas nesta primeira fase da operação, identificadas como sendo os investigados B.P.S, de 21 anos, P.H.A, de 24 anos e a investigada F.F.F, de 24 anos, estão com suas prisões temporárias decretadas. Elas são investigadas diretamente, por envolvimento a um crime de homicídio consumado, ocorrido no dia 28 de março, deste ano de 2017, onde a vítima Hudson Lucas de Oliveira, de 23 anos, foi morto por disparos de arma de fogo, na rua José Altamiro, no bairro Camposaltinho em Campos Altos/MG.

     Os investigadores Renata Duarte e Flávio Signorete, coordenados pelo Delegado Dr. André Luís, realizaram os trabalhos de investigações, onde conseguiram chegar até a estas pessoas. Segundo o Delegado, os investigados P.H.A e B.P.S foram que executaram os disparos de arma de fogo, e a mulher F.F.F, namorada de B.P.S, foi quem teria facilitado a entrada dos investigados na casa da vítima para matá-lo.

     O Delegado destacou também, que a provável motivação do crime possa ser passional, porém não descarta a possibilidade de ligação com o tráfico de drogas, já que nas buscas realizadas na residência da investigada F.F.F, os investigadores localizaram porções de maconha em um pote, vários aparelhos celulares de procedência duvidosa, e dinheiro em diversas células de vários valores.

    “Temos ai um prazo de prisão temporária decretada por 30 dias para os investigados, e no decorrer deste prazo, iremos terminar a apuração deste crime, de forma a esclarecer qual foi a real motivação, e se houve mandate ou outras participações neste crime”, finalizou o Delegado, não descartando a possibilidade de novas prisões.

     Diante dos fatos, todos foram presos e encaminhados a Delegacia de Polícia Civil de Ibiá/MG, para maiores esclarecimento e em seguida, foram encaminhados ao presidio de Carmo do Paranaíba/MG, onde irão permanecer a disposição da justiça. Todos os presos nesta operação, tem outras passagens pelo crime de tráfico de drogas. A operação contou com o apoio de investigadores e policiais militares das cidade de Araxá e Ibiá. Confiram a matéria completa em video, no nosso canal no Youtube, no link abaixo.

Acompanhe no Facebook

Publicidade