Willian Tardelli - Fotojornalismo em Araxá e região

Você está aqui

Copasa realiza manobra para normalizar serviço de abastecimento d’água em presídio, e bairros no setor norte de Araxá.

Publicado em 21-02-2017 00:00

     Na noite de sábado 18 de fevereiro no presídio de Araxá, por volta de 21h30, foi registrado um início de manifestação no interior do presídio, onde os detentos que ali cumprem suas penas, iniciaram uma revolta por falta de água nas celas, problema este que já se estendia por algumas horas, do lado de fora do prédio, dava para se ouvir os gritos e barulhos provocados pelos detentos no interior de suas celas.

     O Diretor do presídio de Araxá, compareceu no local e juntamente com agentes penitenciários tentaram minimizar e controlar a situação, porém naquele primeiro momento sem êxito. Como a situação poderia se complicar, a Policia Militar foi solicitada para um apoio no interior do presídio, porém não foi necessário a intervenção dos militares, os próprios agentes penitenciários conseguiram controlar a situação, sendo a ordem restabelecida por volta de 02h00 da madrugada de domingo, 19.

     Do lado de fora do presídio uma equipe tentava buscar de todas as formas a solução do problema, um registro da Copasa que alimenta as caixas d’água chegou a ser desmontado, sendo constatado que estava chegando agua no cavalete, mais não com pressão suficiente para jogar nas caixas d’água. No domingo, 19, por volta de 13h00 foi detectado que o problema iria persistir, e de imediato a direção do presídio com apoio de outras pessoas, conseguiram contato com a Vice Prefeita de Araxá, Dra. Lídia Jordão, se prontificou em ajudar solucionar o problema. Ela entrou em contato com o secretário de obras, Marco Antônio Rios, que viabilizou um caminhão pipa de água potável, que abasteceu as caixas d’água.

     Na manhã desta segunda-feira, 20, o senhor Gilberto (Gil) encarregado geral da Copasa, entrou em contado com a direção do presídio, em seguida técnicos compareceram no presídio, onde se reuniram com o diretor do presídio, para tentaram buscar uma solução para o problema. Em seguida os técnicos da Copasa vistoriaram as instalações da linha de água, sendo identificado no primeiro que a pressão que alimenta a rede estava em 01 quilo, sendo ajustada para 02 quilos de pressão. Segundo o gerente da companhia de saneamento da Copasa em Araxá, Geraldo Mendes, existe a possibilidade que haja um vazamento entre o cavalete e a caixa d’água do presídio.

     Segundo o gerente, o consumo de água no presídio aumentou consideravelmente, pois até no cavalete da Copasa foi constatado que estava chegando água normalmente, foi realizada uma manobra temporária nas linhas que alimentam os bairros do setor norte. O gerente da Copasa disse que tem conhecimento das reclamações dos moradores dos bairros Jardim Natalia, Orozino Teixeira, Santa Rita I e II e demais bairros do setor norte, e um estudo está sendo feito para tentar identificar o problema.

Acompanhe no Facebook

Publicidade