Willian Tardelli - Fotojornalismo em Araxá e região

Você está aqui

Homem de 21 anos é morto com 11 facadas, e autor é preso pela PM minutos após o crime, no bairro Salomão Drummond em Araxá.

Publicado em 09-01-2017 00:00

       A Policia Militar de Araxá, na tarde deste sábado 07 de janeiro, após solicitada compareceu na avenida Dr. Atílio Colombo, no bairro Salomão Drummond, onde no local um homem identificado como sendo WILLIAN DESIDÉRIO PARENTE, de 21 anos, teria sido esfaqueado.

       No local os Policiais Militares constataram a veracidade dos fatos, encontrando a vida com um forte sangramento na região do pescoço. O Corpo de Bombeiros foi acionado, porém como a viatura de resgate se encontrava empenhada em uma outra ocorrência, e se encontrava impossibilitada de realizar o resgate naquele momento, a vítima foi socorrida pela viatura da Policia Militar, onde foi encaminhada ao pronto atendimento municipal (PAM) de Araxá.

       As equipes médicas plantonista do local, realizaram todos os procedimentos necessários, porem devido à gravidade dos ferimentos, a vítima não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. O IML de Araxá foi acionado e removeu o corpo, e após os trabalhos de necropsia realizado pelo médico legista e equipe do IML, foi constatado 11 perfurações de faca na região pescoço, peito e braços.

       Policiais Militares do turno de serviço da tarde desta sábado, realizaram rastreamentos sendo identificado o autor das facadas, porém, ao ver que teria sido identificado o mesmo evadiu pelas ruas do bairro, pulando muros de residências, sendo localizado algum tempo depois e preso em flagrante delito, pelas equipes Táticos Moveis e Gepmor do 37º BPM de Araxá. O autor foi identificado como sendo Marco Aurélio de Paula Marins, de 37 anos, o mesmo não quis revelar aos Policiais Militares onde teria se desfeito da faca.

       Segundo o autor o crime teria sido motivado por uma “rixa” antiga entre eles, onde na ocasião a vítima Willian teria agredido o autor Marcos com uma copada em seu rosto em briga de bar. Familiares da vítima manifestaram através das redes sociais sua revolta e dizia que os dois eram “amigos” e que Willian teria ser arrependido muito desta briga, que tinha seus problemas, mais que está tentando ser uma pessoa melhor. A vítima Willian tinha passagem pela Polícia, por agressão e roubo. A Policia Civil de Araxá irá investigar melhor o caso e apontar os motivos que levou Marcos Aurélio a esfaquear Willian Desiderio.

Acompanhe no Facebook

Publicidade