Willian Tardelli - Fotojornalismo em Araxá e região

Você está aqui

Senhor de 70 anos morre em acidente na BR.262, veiculo Scania/Guincho pode ter sido o causador do acidente próximo a Araxá/MG.

Publicado em 27-02-2014 15:00

      Na manhã desta quinta-feira, 27 de fevereiro, por volta de 10h10, o 5º Pelotão de Bombeiros Militar com sede em Araxá, foram acionados para atendimento de acidente na BR.262, a aproximadamente 5 km de Araxá, sentido Belo Horizonte, envolvendo um veiculo Fiat/Uno  e um veiculo Scania/Guincho, onde infelizmente o senhor WALDEVINO DE SOUZA, de 70 anos, perdeu a vida.

      No local mais de 04 testemunhas presenciaram o motivo que ocasionou o acidente, dentre as testemunhas, um motorista da empresa de transporte de passageiros (Gontijo) e seu auxiliar de viagem juntamente com as demais testemunhas, relataram ao agente da Policia Rodoviária Federal (PRF), que o veiculo Scania/Guincho, que seguia sentido Belo Horizonte, quando próximo a curva existente ao local, foi realizar uma ultrapassagem, momento em que o veiculo Fiat/Uno conduzido por Juliano Henrique Freitas, de 33 anos, estava vindo sentido a Araxá. Segundo todas as testemunhas o motorista do Fiat/Uno ao ver que iria chocar-se frontalmente com o veiculo Scania/Guincho, realizou uma manobra rápida, desviando-se, porem o veiculo Fiat/Uno caiu em um esbarrancado que fica as margens da rodovia, onde o veiculo capotou, sendo uma das vitimas arremessada para fora do veiculo e as demais presas dentro do veiculo.

      No veiculo Fiat/Uno, de propriedade da prefeitura municipal de Ibiá/MG, estavam as vitimas, Maria Aparecida Paula de 70 anos, Helena Aparecida da Silva de 44 anos, Aparecida Maria da Silva de 55 anos, o motorista, Juliano Henrique Freitas de 33 anos e senhor Waldevino de Souza de 79 anos, que não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do pronto atendimento municipal de Araxá (PAM), todos os pacientes estavam, vindo Araxá para tratamento de saúde.

O agente da PRF destacou que o local onde ocorreu o acidente é proibido à ultrapassagem (fotos) e o tacógrafo do veiculo Scania/Guincho não estava funcionando, segundo ainda o agente, na rodovia ficaram as marcas da frenagem dos veículos.

A pericia técnica da policia civil de Araxá, foi acionada e realizou seus trabalhos de praxe. O Corpo do senhor Waldevino, foi retirado no PAM de Araxá, pelo IML de Araxá, sendo encaminhado para instituto medico legal, onde foi necropsiado e em seguida liberado aos familiares para o sepultamento.

Os trabalhos de resgate das vitimas contou com duas guarnições do corpo de bombeiros militar, uma ambulância do IML e uma viatura com patrulheiros da PRF, que devido ao local ser de difícil acesso, sinalizou a rodovia, fluindo o trânsito normalmente. CONFIRAM TODAS AS FOTOS DESTA COBERTURA NA GALERIA ABAIXO.

Acompanhe no Facebook

Publicidade